Literatura de Montanha

4 comentários sobre “Literatura de Montanha”

  1. É uma grande verdade. Isso tem muito que ver com que o Brasil não é um país com grande cultura de montanha. Bem, a não ser que as coisas tenham mudado muito nos últimos dez anos que já não vivo aí. Me lembro que sempre que comentava com alguém que escalava, a pessoa me olhava como se eu fosse um alienígena, heheheh. Também, perto da minha cidade não havia nenhuma loja de material de escalada, assim que me sentia no céu quando viajava para Curitiba e podia visitar alguma loja, ou quando visitava o Anhangava e via tanto escalador junto. Agora que vivo num paraíso para escaladores deixei a escalada de lado, que contradição. 🙂 Mas não a montanha, é claro.

    Curtir

      1. Oi Roberto, perdão pela demora. Vivo na Espanha há dez anos. Aqui o que mais tem é rocha e espinhos hehehehehe. A uma hora daqui, mais ou menos, em um “pueblo” chamado Montanejos há uma quantidade enorme de vias, aproximadamente 1300. É um lugar lindo, com um rio, e um setor de rochas estupenda. Foi, na antiguidade, um lugar de banhos de um rei Árabe e de suas amantes. Além disso está cheio de trilhas e rutas de MTB. 😉 http://valenciaclimb.com/es/climbing-areas/montanejos/

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s