[Leitura] Fogo Morto, de José Lins do Rego

2 comentários sobre “[Leitura] Fogo Morto, de José Lins do Rego”

    1. A primeira parte é uma longa exposição da familia de José Amaro na condição de seleiro, e cuja moradia se deve à uma permissão do senhor do engenho. Revela uma estrutura social de dominação de classe. Essa parte pode demorar um pouco para ser lida. Requer dedicação. Mas a partir da segunda parte, o livro mostra realmente ao que veio, no retrato profundo desse Brasil fundado na injustiça da escravidão, mostrando o outro ponto de vista da história, da formação de um engenho de açúcar e sua dominação da escravatura. Mas o giro radical na história acontece quando os escravos são libertados pela lei aurea, e a perplexidade dos senhores de engenho retratada no livro é genial. Vou entrar na terceira parte louco para saber onde essa história vai terminar. Vou escrever uma resenha quando ao termino da leitura. Obrigado pelo comentário.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s